Sapatos de couro são bastante confortáveis e, principalmente, duráveis. Mas e se essa durabilidade fosse de 5.500 anos? Pois essa é a idade de um sapato encontrado em uma caverna na Armênia, em 2008. Ele estava em tão boas condições que os arqueólogos, à primeira vista, pensaram que teria cerca de 700 anos, tendo pertencido à civilização mongol. No entanto, análises em laboratórios em Oxford e na Califórnia provaram que o objeto tem entre 5.387 e 5.637 anos. 

O Areni-1, como foi chamado o sapato, estava junto a outros grandes achados: o cérebro humano mais antigo preservado, sementes de cerca de 40 tipos de frutas, roupas, facas de metal, uvas secas e a mais antiga adega do mundo.

Considerando o fato de que o sapato era pequeno, mais ou menos compreendendo o tamanho 36 brasileiro, ele provavelmente pertencia a uma mulher.

O couro é um material que se degrada rapidamente na natureza. No entanto, as condições secas da caverna e o solo coberto por esterco de ovelha permitiram a preservação do sapato, que atualmente se encontra no Museu de História da Armênia. 

Até a data, o sapato de couro mais antigo encontrado era o da múmia Ötzi, descoberta por dois alpinistas nos Alpes de Venoste, em 1991, com 5.300 anos. Já o sapato mais antigo já encontrado até hoje foi descoberto na Arnold Research Cave, no Missouri, EUA, tem mais de 7.000 anos e foi fabricado com fibras de plantas.


Fonte: Vintage News
Imagem: Pinhasi R, Gasparian B, Areshian G, Zardaryan D, Smith/A CC BY 2.5


Quantos anos tem o primeiro sapato de couro descoberto no mundo?

Marcadores:

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.