Ao longo do último século, apenas um político russo permaneceu no poder mais tempo que Vladimir Putin: Josef Stálin, que ocupou por 31 anos, entre 1922 e 1953, o cargo de secretário-geral do Partido Comunista na extinta União Soviética.

Com a vitória nas eleições de domingo, Putin será presidente da Rússia, pela quarta vez, até 2024, quando somará 25 anos no poder - se contados os quase cinco anos em que foi primeiro-ministro.

De acordo com os resultados oficiais, ele obteve mais de 76% dos votos. O segundo colocado, Pável Grudinin, do Partido Comunista, só alcançou 12% dos votos.

O resultado não causou surpresa, já que Putin liderava as pesquisas com margem ampla, segundo analistas do serviço russo da BBC. Vale destacar que o principal líder da oposição, Alexei Navalny, estava impossibilitado de concorrer por ter sido condenado em um casode desvio de recursos públicos.

Navalny assegura a condenação teve motivações políticas - segundo ele, foi gerada por seu protagonismo nas manifestações contra Putin nas eleições de 2012.

No Ocidente, o presidente russo é visto por muitos como um autocrata que rejeita valores democráticos e direitos humanos. Mas na Rússia ele tem altos índices de popularidade, e sua política externa é motivo de orgulho para muitos russos.

Mas o que este ex-espião da KGB tem que atrai tanto a afeição da população russa?

BCC

4 razões pelas quais a Rússia reelegeu Vladimir Putin presidente

Marcadores: ,

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.