Se estivesse na China ou em alguma das Coreias, o vereador Wellington Arantes (PSB) não causaria tanta polêmica ao sugerir que a população – inclusive ele – comesse os cachorros soltos nas ruas de Ituiutaba, cidade distante cerca de 700 quilômetros de Belo Horizonte.

 A afirmação de Arantes foi feita durante uma sessão na Câmara Municipal que pretendia encontrar uma solução para a crescente população de animais de rua na cidade. Em tom de deboche, “Batuta”, como é conhecido o parlamentar, disse que a alternativa era comer a carne dos animais. “Tínhamos que fazer igual no Japão: comer esses cachorros e acabar com isso”, afirmou depois de explicar que “se nós não estamos fazendo cirurgias eletivas na Secretaria de Saúde, vamos fazer em cachorro?”.

O caso revoltou a presidente da Sociedade Protetora dos Animais de Ituiutaba, Mariana Cunha Santana. Ela considerou o posicionamento do vereador como sendo de “extremo desgosto e angústia ao constatar que um representante do povo, formador de opinião, com a responsabilidade de ser um cidadão tomado como exemplo pelos munícipes, expresse um pensamento desumano, ferino e em total afronta à legislação vigente.”

A possibilidade de processo por quebra de decoro parlamentar foi minimizada pelo  presidente da Câmara, vereador Odemes Braz (PSDB) que encarou a fala do colega apenas como uma “opinião”.


Terra

Vereador de município de MG sugere comer cães para diminuir animais de rua

Marcadores:

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.