A prefeitura municipal de Pendências por intermédio da secretaria municipal de educação, realizou o primeiro concurso de carroças e casais caipiras do São João do município.

Foi em uma tarde de muitas expectativas entre as escolas da rede municipal, que a Escola Municipal Manoel Freire de Lemos, se consagrou como a grande campeã do primeiro concurso de carroças e casais caipiras do São João promovido pela prefeitura municipal de Pendências e a secretaria de educação

Em segundo lugar ficou com a escola municipal Padre José Luiz, terceiro lugar ficou com a escola municipal Adélia Gonzaga.

O objetivo da 1ª edição do Concurso de Carroças Juninas e Casais Caipiras do São João, a ser realizado na cidade de Pendências/RN, no exercício 2017, tem por finalidade valorizar, difundir, incentivar, estimular o desenvolvimento, a valorização cultural e o gosto pelas tradições folclóricas, sendo OS FESTEJOS JUNINOS uma das mais populares manifestações da cultura popular.

escola municipal Padre José Luiz

escola municipal Adélia Gonzaga



Para ver todas as fotos clique >>AQUI<<


GRATIDÃO!


É bom saber que o compromisso e o esforço coletivo resultaram no brilhantismo do nosso Concurso de Carroças e casais caipiras do São João.

Como descrever a sensação de ver a representantatividade histórica de ver Mãe Celina na janela da Casa Grande, o lugar em que tudo começou? A Escola Adélia Gonzaga está de parabéns pela escolha do enredo: "Tudo começou na casa grande" e, principalmente, por ter conseguido retratar uma parte da nossa história da melhor forma possível. Foi lindo! Que carroça histórica!


O que falar do milho enquanto elemento de fundamental importância para na subsistência do sertanejo? Como atrelar tal elemento ao imaginário infantil? A Escola Municipal Alba Miranda merece os nossos aplausos por conseguir de forma singular integrar o inesquecível Visconde de Sabugosa à Rainha do Milho, demonstrando com muita animação a singularidade do milho e seus derivados.

Pensam que as representantatividade dos santos juninos seriam esquecidas? De forma alguma. A Escola Municipal Maria Moura de forma irreverente abordou a simbologia dos santos juninos, com ênfase no São João. Parabéns pela irreverência e criatividade ao integrar cordel, religiosidade e animação (que casal caipira animado).


Pensaram que ficaríamos na cultura empírica global? De jeito nenhum. A EscolaMunicipal PeJoséLuiz homenageou-a cultura local por meio do resgate histórico acerca da Quadrilha Rela e Rola, do bairro em que a escola está situada, mostrando que a quadrilha passou, se eternizou, mas a veia artística continua a pulsar nas nossas crianças. Foi lindo de ver a animação.

Para continuar com a valorização aos aspectos históricos locais, a Escola Municipal Sebastião Ferreira trouxe em sua carroça a importância de Dodôra do Porto para a educação, à cultura, à religiosidade, à sociedade pendenciense, a partir da representação de um recorte de sua história. Cordel, teatro e história emanaram a apresentação que culminou com: Viva Dodôra! Arrepiou.

Como fazer um Arraial sem o casamento caipira? A Escola Municipal Terezinha Justo roubou a cena com a representação do casamento caipira. Noivo fugindo, noiva grávida, pai bravo é muito mais. Parabéns aos profissionais que se envolveram para que a escola participasse de forma significativa.

Mas, peraê... Nessa festa toda cadê Lampião e Maria Bonita? A Escola Municipal Manoel Alves Bezerra trouxe em sua carroça a representação do cangaço com Lampião, Maria Bonita e espantalho, evidenciando a fé do sertanejo à Padre Cícero. Uma carroça pra ninguém botar defeito.

Retratando o casamento caipira e relembrando os aspectos naturais, a Escola estadual Monsenhor Honório Pendências trouxe ao concurso um brilho especial a partir do casamento de Rosinha, com ênfase nas flores de mussambê e outras flores da região. Rosinha super atrevida aparece prenha e se casa com o noivo todo enrolado e apaixonado. Parabéns aos alunos que se posicionarem de forma positiva ao convite feito à escola para a participação e aos profissionais que se empenharam.

Pensou que havia acabado? Engano seu! A Escola Municipal Manoel Freire de Lemos fez a transposição da história de Aline no país das maravilhas para o universo cultural nordestino, tornando texto mais acessível e de fácil compreensão. Alice mostrou as maravilhas do sertão, sendo desafiada pela cangaceira vermelha a dançar o xaxado, aceitou o desafio e casou-se como sanfoneiro, encantando a todos por meio da representação do sertão fantástico e culturalmente rico.

Parabéns à todos que se empenharam, arregaçaram as mangas e roubaram a cena, mandando o sentimento de incapaz para o espaço, dando lugar à coletividade e a força da criatividade.

Eu estava lá. Vi tudo de pertinho. Em nome do Setor de Coordenação Pedagógica bda SME peço desculpas pelas nossas falhas, parabenizamos a todos os que abrilhantaram a carroçada. Quando idealizamos esse momento nem sequer em nossos sonhos pensamos no Sucesso que juntos alcançamos. Quando se cansarem de ouvir o nosso "muito obrigado", não esqueçam do quão somos gratos por juntos fazermos parte da educação pendenciense

Por Ricardo Rodrigues

Escola Manoel Freire de Lemos é a grande campeã do 1º CONCURSO DE CARROÇAS E CASAIS CAIPIRAS DO SÃO JOÃO.

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.