Descoberta revela indícios da forma como nosso planeta irá acabar, daqui a mais de 5 bilhões de anos!

Todos sabemos que o Sol é uma estrela e, como tal, possui um tempo de vida limitado. Recentemente, uma descoberta da sonda espacial Kepler trouxe um precedente inesperado para o futuro da Terra, ao encontrar um planeta muito parecido com o nosso em fase de decomposição.

Estrelas como o Sol vivem bilhões de anos e, uma vez que sua energia é consumida, entram em uma fase de expansão máxima (gigantes vermelhas), para depois reduzir seu tamanho drasticamente (anãs brancas). Entretanto, elas conservam tanta densidade no seu interior que acabam exercendo uma força gravitacional intensa nos corpos celestes que as rodeiam.

Há aproximadamente um ano, a sonda Kepler encontrou uma anã branca chamada WD 11451+017, que está na em fase final e absorvendo lentamente um planeta que a orbita – uma relação semelhante entre o Sol e a Terra. O planeta expele gradativamente fragmentos de rocha, que são atraídos pela força gravitacional da anã branca.

Felizmente, os cientistas afirmam que nosso Sol está no auge de sua existência e ainda lhe restam 5 bilhões de anos de vida, antes de chegar à fase de gigante vermelho e engolir planetas como Mercúrio ou Vênus, para depois absorver a Terra com sua força gravitacional de anã branca. 
Fonte: VIX
Imagem: Shutterstock




Planeta em desintegração mostra como será o futuro da Terra

Marcadores:

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.