A gerente da 3ª Regional de Saúde da Paraíba, Tatiana Medeiros, em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (9), revelou que dos 108 casos de óbitos suspeitos por doenças transmitidas pelo mosquito Aedes no Estado, a maioria das vítimas morreu de Chikungunya.

– No ano passado, 28 morreram por Chikungunya e sete por dengue. Todos devem participar do enfrentamento contra o mosquito transmissor. As ações governamentais, mesmo que permanentes, nunca serão suficientes se a população não se sentir responsável – alerta Tatiana.

Blog Robson Pires


Na Paraíba, várias mortes por chikungunha são registradas

Marcadores: ,

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.