Latest Post


No último final de semana o atleta Francisco Romário participou do GRAND SLAN em Natal e obteve bom resultado ficando com a 3º colocação entre muitos atletas top do Rio Grande Do Norte, o professor Riquelme Henderson líder dá GRACIE GYM PENDÊNCIAS ver uma grande conquista para equipe e afirmar que vai intensificar os treinos para obter melhor resultado no próximo campeonato

Grand Slam Nordeste de Jiu-Jitsu reúne mais de mil atletas em Natal.

Primeira edição do evento será realizada no ginásio do Colégio Sagrada Família, com lutas a partir das 9h neste sábado e no domingo. Premiação totaliza R$ 15 mil

Atletas de todo o Brasil se reúnem neste fim de semana em Natal para a primeira edição do Grand Slam Nordeste de Jiu-Jitsu. O evento será realizado no ginásio do Colégio Sagrada Família e vai reunir mais de mil competidores, incluindo representantes da França e dos Estados Unidos. As lutas terão início às 9h, no sábado e domingo. A entrada é gratuita.

A princípio, os combates seriam realizados apenas no sábado, mas a alta procura e o elevado número de inscritos levaram a organização a estender a competição para o domingo. No total, são 1.108 lutadores inscritos, sendo 41 academias representadas. 

- Incluímos mais um dia para evitar que os lutadores se desgastassem muito esperando ou que tivessem que entrar no tatame de madrugada. Muitas pessoas deixaram para confirmar a participação de última hora, e o número mais que dobrou. Foi uma boa surpresa. Para uma primeira edição, foi superior ao que gente esperava - conta Felipe Medeiros, organizador do Grand Slam.

Outro atrativo é a premiação do evento, que totaliza R$ 15 mil. A novidade é que todo atleta que subir ao pódio ganhará um quimono.

- Isso é uma forma de valorização, porque o mais comum é que apenas o campeão seja premiado, quando se trata de competições de jiu-jitsu. No Grand Slam, pensando nisso, todo mundo vai sair pelo menos com um quimono novo - completou Felipe.


Globo Esporte

Hoje marcamos a volta dos Professores com um belíssimo encontro promovido pela parte gestora e pedagógica da Escola Municipal Professora Adélia Gonzaga, na ocasião foi servido um café da manhã, entregue kits pedagógicos para os professores, discussões sobre os trabalhos e expectativa para o ano de 2017, mecanismos para a realização dos trabalhos. 
Tivemos ainda a Ilustre Presença da secretária de Educação a senhora Francisca kátia Paulista da Silva Fonseca. 
Tiveram presentes as seguintes Professoras:

Francisca Fransuar 

Conceição Rocha 

Conceição Lopes 

Maria do Rosário 

Lucimar Rocha e a mais nova integrante de nossa família Adélia a Professora Verônica.

Para ver todas as fotos clique >> AQUI <<



Estupro, tentativa de assassinato, corrupção, lavagem de dinheiro, crimes contra a Lei de Licitações e compra de votos. Esses são apenas algumas das acusações criminais envolvendo deputados que fazem parte da nova Mesa Diretora da Câmara e das novas lideranças partidárias. Dos 11 que ocupam cargos na Mesa, cinco são investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

Entre os 28 líderes, do governo e da oposição, oito têm denúncias em tramitação no STF. Responsáveis pelos acordos feitos entre o Executivo e o Legislativo e pelo comando administrativo da Casa, eles acumulam 35 inquéritos (investigação preliminar que pode resultar em processo) e ações penais (processos que podem render condenação). Juntos com os presidentes das comissões – cujos comandos ainda estão indefinidos -, eles representam a cúpula da Câmara. Os dados são de levantamento do Congresso em Foco.

Os líderes com mais pendências criminais são os deputados Alfredo Kaefer (PSL-PR) – investigado em seis inquéritos e uma ação penal – e André Moura (PSC-SE), que ocupa a liderança do governo na Câmara. Moura responde a quatro inquéritos e três ações penais (veja mais detalhes abaixo). Uma das suspeitas é por tentativa de assassinato. Ele chegou a ser barrado pela Lei da Ficha, em 2014, devido a uma condenação por improbidade administrativa e a contas rejeitadas quando era prefeito de Pirambu (SE).

Sua gestão à frente do município sergipano deixou um rastro de complicações. As acusações contra o parlamentar vão de desvio ou utilização de bens públicos, improbidade administrativa, apropriação indébita e crime de responsabilidade. Na Lava Jato, ele é suspeito de atuar em conjunto com outros aliados de Eduardo Cunha para chantagear empresas na Câmara. Mais: um ex-prefeito, com o qual rompeu politicamente após anos de aliança, o acusa de tentativa de assassinato. O parlamentar atribui as denúncias a desavenças locais.

Bens bloqueados
Também na mira da Lava Jato, o deputado Arthur Lira (PP-AL) também é um dos líderes com maior número de processos instaurados na corte. Eleito por aclamação, Lira ocupa desde o início deste mês o cargo de líder do Partido Progressista na Câmara. O parlamentar é investigado em cinco inquéritos. Entre as denúncias estão corrupção passiva, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e peculato. De acordo com o líder, ”os inquéritos não têm elementos que corroborem os fatos”. “Trata-se de narrativas infundadas de delatores com inimizade patente com o parlamentar. Arthur Lira está à disposição da Justiça para esclarecer o que for necessário”, ressalta nota enviada pela assessoria de imprensa do deputado. Ele e o pai, o senador Benedito de Lira (PP-AL), tiveram os bens bloqueados, no valor de R$ 10 milhões, pela Justiça e já foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República ao STF no âmbito da Lava Jato.

Já o deputado Pastor Marco Feliciano (SP), novo líder do PSC, é investigado por contratação irregular de assessores parlamentares e pela acusação de abuso sexual (estupro) feita por uma estudante de jornalismo. O caso é controverso. A jovem de 22 anos também virou alvo da Justiça após diversas contradições sobre o assunto. Responde por extorsão e denunciação caluniosa após dizer que havia sido sequestrada por um assessor do deputado em um hotel em São Paulo. A polícia chegou à conclusão de que ela mentiu em relação a esse ponto e que estava tentando levar vantagem financeira. As apurações envolvendo os dois, porém, ainda seguem.

Em relação à nova composição da Mesa, não é só o número de investigados que se mostra alarmante – quase 50% da atual formação. Outra questão fundamental é a linha sucessória do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). Maia é um dos alvos da delação de executivos da Odebrecht na Operação Lava Jato e corre o risco de entrar para a lista dos investigados no Supremo. Também é suspeito de ter recebido R$ 1 milhão em propina da OAS.

O primeiro-vice-presidente, Fábio Ramalho (PMDB-MG), e o segundo-vice-presidente, André Fufuca (PP-MA), respondem a um inquérito cada. O peemedebista é investigado no processo que apura crimes cometidos contra a administração pública. Ele foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) junto com o ex-governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT) – que ocupava o cargo de diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) –, por ter favorecido uma empresa farmacêutica mineira. Já Fufuca, de apenas 27 anos, precisa se explicar sobre suspeita por captação ilícita de votos e corrupção eleitoral.

O quarto-secretário, deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB), também está na lista dos parlamentares investigados no STF. Ele responde um inquérito e uma ação penal. As investigações contra Gouveia são por crimes contra a Lei de Licitações. “A ação diz respeito a ato de gestão praticado quando eu era presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba. A conduta investigada, como se demonstrará ao final da ação penal, não se traduziu em dolo ou má-fé, tampouco implicou dano ao erário”, explicou o deputado ao ressaltar que as contas relativas à sua gestão quando no Poder Legislativo Estadual foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.

Ainda entre os membros da Mesa, dos quatro suplentes eleitos, dois têm pendências criminais. O primeiro, Dagoberto (PDT-MS), que já é réu na ação penal 917; e o segundo suplente, deputado César Halum (PRB-TO), investigado no inquérito 3611 por peculato, falsidade ideológica e corrupção passiva.

Veja quais são os integrantes da Mesa e os líderes que estão pendurados no STF:

Mesa Diretora:
1º Vice-Presidente: Fábio Ramalho (PMDB-MG)

– Inquérito 3692
2º Vice-Presidente: André Fufuca (PP-MA)

– Inquérito 4241
4º Secretário: Rômulo Gouveia (PSD-PB)

– Inquérito 3736

– Ação Penal 952

Leia a íntegra da nota enviada pelo deputado:
“Em resposta ao questionamento realizado pelo Congresso em Foco, em vista da Ação Penal n° 952, em trâmite no STF, teço as seguintes considerações:

1-    a ação diz respeito a ato de gestão praticado quando eu era presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba:
2 – a conduta investigada, como se demonstrará ao final da ação penal, não se traduziu em dolo ou má-fé, tampouco implicou dano ao erário;
3 – ressalto que todas as contas relativas a minha gestão à frente do Poder Legislativo Estadual foram aprovadas, por unanimidade, pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba;
2-     
Portanto, aguardo confiante o pronunciamento definitivo do Supremo Tribunal Federal.”

1º Suplente: Dagoberto (PDT-MS)

– Ação Penal 917
2º Suplente: César Halum (PRB-TO)

– Inquérito 3611
Líderes investigados:
André Moura (PSC-SE), líder do governo

– Inquéritos 4327, 3224, 3594, 3905

– Ações Penais 969, 974 e 973
José Guimarães (PT-CE), líder da minoria

– Inquéritos 4259 e 2994
Arthur Lira (PP-AL)

– Inquéritos 3989, 3980, 3996, 3515 e 3911

Aelton Freitas (PR-MG)

– Inquérito 3844

Weverton Rocha (PDT-MA)

– Inquéritos 3394 e 3621

Leia a íntegra da nota enviada pela assessoria de imprensa do deputado:

“No inquérito 3.621, que é apenas investigação, a denúncia do Ministério Público não aponta vantagem indevida do deputado na contratação de emergência para obras de um ginásio de esporte, nem indícios de superfaturamento ou prejuízo aos cofres públicos, razão pela qual o deputado tem confiança que a denúncia será rejeitada ou ele será absolvido sumariamente.

Por fim o inquérito 3.394 foi instaurado a pedido do então ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para provar a inexistência de contratação irregular de Organizações Não-governamentais pelo Ministério, numa resposta a uma falsa publicação feita pela revista Veja. O Ministério Público ainda não formulou opinião formal e o deputado aguarda o pedido de arquivamento por parte da PGR. Weverton apresentou ação indenizatória contra a revista.

Nos dois casos o deputado está muito tranquilo na confiança de que ficará provado que ele nunca cometeu nenhum ato ilícito, pois todos os seus atos no Executivo foram respaldados por orientação correta e competente de assessoria jurídica.”

Pastor Marco Feliciano (PSC-SP)

– Inquéritos 4312 e 3646

Luis Tibé (PTdoB-MG)

– Inquéritos 3500 e 3744

Leia a nota enviada pela assessoria do deputado:

“O Deputado informa que todos os esclarecimentos, já foram encaminhados ao STF, e que tem a convicção de que ambos os inquéritos serão arquivados.”

Alfredo Kaefer (PSL-PR)

– Inquéritos 4347, 4345, 4304, 4298, 3678, 3809

– Ação Penal 892


Congresso em Foco, UOL

Em suas futuras atualizações, o WhatsApp deve ganhar novidades que ampliam o uso do aplicativo de mensagens. De acordo com o @WABetainfo, que analisa versões de testes do WhatsApp, os usuários poderão publicar vídeos, textos e fotos que ficam no ar por 24 horas.
Esses recursos são parecidos com os disponíveis no Snapchat e no Instagram Stories.

Os vídeos, com duração de até 45 segundos, e demais conteúdos poderão ser acessados quando clicamos no status de um contato. Será possível selecionar quem poderá ver as suas atualizações e também receber comentários sobre elas.

No passado, as atualizações de status já foram algo importante para o WhatsApp. Como conta Randall Lane no livro “Pense como os novos bilionários” (HSM), Jan Koum, cofundador da empresa, considerou que seria uma boa ideia enviar alertas sobre os status dos usuários, uma vez que as notificações tinham acabado de chegar aos iPhones, em 2009.

A partir dessa iniciativa, o app evoluiu gradualmente para o mensageiros que usamos hoje e o status ficou em segundo plano – ao menos, até que essa nova atualização chegue a todos.

Exame




As lojas físicas das Casas Bahia e do Pontofrio começam hoje a aceitar smartphones usados como parte do pagamento de novos aparelhos.

A novidade surgiu com uma parceria com a Brightstar, uma empresa de recompra de celulares usados. O preço máximo de um dispositivo usado, que tenha procedência legal, é de 2.200 reais.

“Trabalhamos com análise de valor residual. Medimos o preço de lançamento, o valor no mercado de usados e geramos o nosso valor de compra”, afirmou José Froes, presidente da Brightstar, em entrevista a EXAME.com.

Após a avaliação do vendedor, o consumidor vai receber um termo de transferência de propriedade do produto para oficializar a transação. Com isso, ele recebe um vale compra (válido somente no dia da venda) para adquirir seu novo celular ou tablet.

No ato da revenda do usado, duas perguntas principais serão feitas: O aparelho funciona? Ele está com a tela quebrada? O número de IMEI, um código único para cada smartphone, também será checado.

“Quando oferecemos uma opção adicional como essa, acreditamos que teremos um potencial de aumento de vendas. A sacada da troca é capturar clientes e fazer upselling. Se ele tem um iPhone 6s, ele pode trocar por um iPhone 7 ou um Galaxy S7, por exemplo”, disse Mariano Teixeira, gerente de operações comerciais mobile da Via Varejo, em entrevista a EXAME.com.

Até o fim de março, a Via Varejo diz que as 970 lojas das suas marcas contarão com essa opção de pagamento com usados, que podem ser smartphones ou tablets. Na internet, a Casas Bahia oferece uma página para a recompra de usados.

Exame

Matteo Tafuri foi um médico e filósofo italiano nascido em 1492. Seus dotes como adivinhador lhe valeram tanto o reconhecimento dos poderosos da época como vários anos na prisão após ser acusado de feitiçaria. Ele é conhecido como o “Nostradamus italiano”.

Dentre suas profecias mais inquietantes está a que prevê que o mundo chegará ao fim quando a neve cobrir por dois dias consecutivos a região de Salento, no sul da Itália - e foi exatamente o que aconteceu: uma forte tempestade no começo do ano deixou a cidade debaixo de gelo. A região é um balneário e atrai milhares de turistas o ano todo por causa do clima quente.

O evento climático obrigou as autoridades a interditar ruas e escolas. Oito pessoas morreram por causa das baixas temperaturas. Alguns estudiosos da obra de Tafuri afirmam que se trata de um sinal inequívoco do fim dos tempos.

“Salento de palmeiras e clima temperado do sul, Salento de neve, mas nunca depois do aviso. Dois dias de neve, dois lampejos no céu. Eu sei que o mundo vai acabar, mas eu não desejo isso”,  escreveu o profeta.

Fonte: Minuto Uno 

Imagem: Shutterstock

Lula será condenado pelo juiz Sergio Moro nos próximos meses. E ele será condenado, em primeiro lugar, pela compra do prédio do Instituto Lula.

O Globo teve acesso ao depoimento de Paulo Melo, da Odebrecht. Ele disse que a empreiteira apresentou a Lula dezenas de propriedades nos quais instalar o Instituto Lula – como se a Odebrecht fosse uma corretora de imóveis. Um e-mail que a defesa de Paulo Melo entregou à Lava Jato confirma esse fato.

O e-mail diz:
“ “Conforme conversamos, segue em anexo apresentação com 11 novas opções de prédios comerciais. Depois das reuniões que tivemos com os interessados, foi possível entender bem a necessidade e o perfil de imóvel que estão buscando. De todos imóveis que fui visitar, acredito muito na viabilidade de aquisição do imóvel da República do Líbano 543. Trata-se de uma casa imponente com área construída de 1.385m² distribuídos em um terreno de 1.029m², com ambientes grandes, localização incrível, divisa com o Parque do Ibirapuera, com vista para o lago. Acredito que não gastaríamos muito para reformar a casa, pois já estava com utilização comercial. Gostei muito do imóvel e gostaria de visitar o mesmo contigo”.

Blog Robson Pires


Os Correios esperam adesão de cinco mil funcionários ao plano de demissão voluntária, aberto em janeiro e com término nesta sexta-feira (17). Em meio à mais grave crise financeira pela qual já passou, a empresa recebeu até o momento a adesão de três mil funcionários. O Plano de Desligamento Incentivado para Aposentados (PDI) tem como público-alvo os empregados com mais de 55 anos e tempo de serviço para requerer aposentadoria. 

De acordo com o G1, a expectativa inicial era ter de 6 mil a 8 mil adesões, com economia anual de R$ 700 milhões a R$ 1 bilhão. "A nossa expectativa é ficar em torno de 5 mil. Só os 3 mil que já aderiram já representam uma economia anual da ordem de R$ 400 milhões", explicou Guilherme Campos, presidente da estatal. 

Até o final do ano, os Correios planejam fechar cerca de 200 agências neste ano, reduzir custos e reestruturar a folha de pagamentos. A empresa acumula dois rombos de R$ 4 bilhões nos últimos dois anos - em 2016, o prejuízo foi de R$ 2 bilhões, ante R$ 2,1 bilhões de rombo no ano anterior.


http://tenentelaurentinoagora.blogspot.com.br

Uma pesquisa feita recentemente pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) e divulgada nessa quarta-feira, dia 15, revela que caso as eleições presidenciais ocorressem hoje, o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva, conhecido como Lula, contaria com 30,5% dos votos, levando, assim, o primeiro lugar.

A pesquisa apresenta Marina Silva e Jair Messias Bolsonaro empatados no segundo lugar, com 11,8% e 11,3%, respectivamente, se considerada a margem de erro. Já Aécio Neves (PSDB-MG), que foi ao segundo turno contra Dilma Rousseff nas últimas eleições presidenciais, encontrou-se em quarto lugar na pesquisa, com 10,1% dos votos. Ciro Gomes (PST-CE) contou com 5% e o atual presidente pós-impeachment Michel Temer (PMDB) levou 3,7% das intenções de voto. Diante deste cenário, 27,6% dos votos foram brancos ou nulos, quase um terço dos entrevistados na pesquisa estimulada, ou seja, quando são apresentados os nomes dos candidatos ao público.

Na pesquisa espontânea, onde não é apresentado nenhum nome ao público, Lula se mantém no primeiro lugar, mas com 16,6% das intenções de voto. Já Bolsonaro encontra-se em segundo lugar novamente, com 6,5% dos votos e Aécio Neves em terceiro, com 2,2%. Nesse cenário, a soma de votos brancos e nulos chega a 67,8%, mais de dois terços dos entrevistados.


http://tenentelaurentinoagora.blogspot.com.br

Um novo ano de trabalho inicia-se nas escolas... Para isso, é preciso planejar ações que contri-buam para o avanço e superação dos desafios enfrentados no ano que passou. O marco do retorno às atividades escolares é a Semana Pedagógica, momento em que os profissionais da escola voltam-se ao planejamento das atividades a serem desenvolvidas durante o ano. Considerando que planejar requer um processo de reflexão para a tomada de decisões, visando atingir os objetivos educacionais em tempos determinados e etapas definidas, é preciso rever as etapas anteriores e avaliar o trabalho desenvolvido.


A Semana Pedagógica de 2017 apresenta um espaço de reflexão, planejamento e ação. Reto-ma o seu princípio fundante de atividade pedagógica que visa demarcar os caminhos a serem trilhados durante o ano letivo, não se esgotando nesses três dias, mas com a previsão de continuidade em cada bimestre para reorientar o Plano de Trabalho Docente. Pauta-se na ação pedagógica como forma de construção e reconstrução de saberes e conse quente ressignificação das práticas docentes, a partir da compreensão do contexto socioeconômico e cultural da comunidade escolar e das questões contemporâneas que envolvem os estudantes.

Para ver a programação clique >> AQUI << 


Hoje (16) pela manhã o SGT Moura realizou uma reunião com os dirigentes e representantes dos blocos carnavalesco para tratar da programação do carnaval. Durante a reunião foram dadas diversas sugestões para a melhoria de todos os blocos, como por exemplo a formação de uma comissão da Prefeitura para organizar os blocos durante o percurso até o centro da cidade.


Os blocos que compareceram à reunião foram; o Bloco RPD, AA, Carrossel, Entrosados, Algaroba, as Virgens, Gaviões, Whisky Beijo, CL, os Biriteiros, os 100 Futuros, os Pit Boys, Quem Aguentar Venha. Também participaram representantes do Conselho Tutelar, agentes de proteção, secretário de Obras Haroldo, Secretário de Esportes Welinton Jacaré, policia Civil, entre outros.




 
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2017
CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL DO MAGISTÉRIO

O Prefeito Municipal de Pendências, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das instruções especiais destinadas à realização de Processo Seletivo para provimento de vagas temporárias para do quadro de pessoal do magistério da Secretaria Municipal de Educação, que se regerá pelas normas estabelecidas no Edital 001/2017 e seus anexos. As inscrições serão no período de 16, 17, 20, 21 e 22/02/2017. Os detalhes sobre os cargos, jornada de trabalho, vagas, salário mensal, pré-requisitos e outras determinações, constam do inteiro teor do Edital 001/2017, que encontra-se divulgado no mural da SME, Prefeitura, Diário Oficial do Município e na FEMURN.

Considerando recomendação do Ministério Público da Comarca de Pendências por meio do Ofício nº 035/2017 – PmJP foi alterado o cronograma de inscrições que poderão ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Educação, situada à Rua Idalice Montenegro, 33, Centro, Pendências/RN no horário de 08h00 às 14h00 no período estipulado, exceto sábados, domingos e feriados, no horário de 08h as 14h. O Edital em seu inteiro teor está à disposição dos interessados na SME e no site do Diário Oficial da FEMURN. Pendências/RN, 03 de fevereiro de 2017.

O Processo Seletivo Simplificado, visando à contratação de pessoal, por prazo determinado, amparado no excepcional interesse público, com fulcro no art. 37, IX, da CF e a Lei Municipal 569/2013, de 01 de março de 2013 conforme segue:

CARGOS: Professor de Educação Infantil, Professor do Ensino Fundamental – Anos Iniciais e EJA – 1º Segmento e Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais e EJA – 2º Segmento.

CRITÉRIO DE SELEÇÃO: Prova de Títulos (análise de currículo).
VENCIMENTO: R$ 937,00 a 1.100,00

PRAZO E LOCAL DE INSCRIÇÃO: As inscrições serão de realizadas no período de 16, 17, 20, 21 e 22/02/2017 na sede da SME, situada à Rua Idalice Montenegro, 33, Centro, Pendências/RN no horário de 08h00 às 14h00.

Pendências/RN, 15 de fevereiro de 2017.
Fernando Antônio Bezerra de Medeiros
Prefeito Constitucional de Pendências

Assessoria Jurídica

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.